Skip to content

Mergulhe em Arraial do Cabo-RJ

Quando se fala em Rio de Janeiro, logo se pensa em todo esplendor da cidade maravilhosa. Mas quando se fala na Região dos Lagos do Estado que abriga, aí sim se pensa em um misto de beleza, eco esporte, agitação com segurança e qualidade de vida. E um ícone de todos esses benefícios é a bela Arraial do Cabo, essa beldade banhada pelo oceano atlântico, conhecida como a capital do mergulho, destino de férias perfeito, que atrai turistas do Brasil e exterior.

 

 

Por que ir

 Se você é do tipo que viaja 8 horas para ir disfrutar de apenas 01 praia, irá arrumar as malas agora ao saber que em Arraial do Cabo se reúnem 11 praias paradisíacas em uma área de 35 km. Sim, é verdade, uma pérola de cidade, com 27 mil habitantes, mas com jeito de interior. Onde nos é proporcionada inúmeras sensações, não só pelo vislumbre de sua natureza pujante, mas também por todo acesso a ela, seja através do mergulho, de passeios de barco, pesca esportiva, caminhadas ecológicas na mata atlântica, camping, e seus lindos pontos de contemplação. Sem contar que, não obstante toda a beleza e aconchego que encontramos em Arraial do Cabo, seus preços ainda se apresentam melhores do que os praticados nas cidades vizinhas.

 

O que ver e fazer

 Com tantas praias para visitar e curtir e até difícil dizer o que mais fazer. Mas é interessante citar que além do mergulho, passeios de barco, caminhadas e camping, é importante comentar de alguns pontos de contemplação de paisagem, especialmente lindos da cidade, quais sejam: Pontal do Atalaia, um dos pontos mais altos da região, onde se terá uma inigualável oportunidade de ver o pôr do sol e as estrelas. Na Praia Grande é um dos cartões postais da cidade, formada por uma extensa faixa de areia, bordada pelo esplendor da natureza. Para os mais animados é possível garantir uma lindíssima vista na Prainha, após 20 minutos de fácil caminhada.

 

Esportes e Ecoturismo

 Arraial do cabo é conhecida em todo país e internacionalmente pelo mergulho em suas águas transparentes, que contam com presença abundante da fauna marinha, propiciada pelo fenômeno chamado ressurgência, que é o evento onde as águas mais profundas são levadas para águas menos profundas, fazendo que animais marinhos sempre estejam presentes e deem a graça da companhia aos mergulhadores, que obviamente aproveitam para sacar seus flashes. Para os adeptos da fotografia as praias da cidade são muito atrativas pela fauna de corais encontrados nessas águas, quais proporcionam fotos lindíssimas. E se você pensa que para encontrar pinguins tem que ir ao exterior, está enganado, já que em certas épocas do ano, esses seres simpáticos normalmente aparecem em Arraial do Cabo, o mesmo acontecendo com as baleias passeando ao longo da costa. As praias mais visitadas são Praia do Farol, considerada uma das mais bonitas e limpas do Brasil, mais ao centro encontra-se a Praia do Pontal do Atalaia e a agitada Prainha, Praia Brava, Praia Grande, estas duas últimas sendo as preferidas dos turistas. E tem ainda da Praia dos Anjos, a Praia do Forno. Pelo visto novidades e atividades não vão faltar em suas férias.

 

Locais de mergulho

Alguns dos pontos de mergulho são: Enseada das Peredes, Oratório, Ponta do Meio, Ponta dos Ferreiros, Ponta da Jararaca, Saco do Cherne, Saco do Anequim, Praia Grande e Prainha, Praia do Pontal do Atalaia, sendo que esta registra acesso dificultado, uma vez que o mergulhador terá que uma grande encosta à pé até a praia.

Já para quem gosta de um mergulho tranquilo, em locais rasos e abrigados, a parte de dentro da Ilha dos Porcos é uma boa pedida, já que conta no máximo com 18 metros de profundidade, sendo também considerada o melhor local para se tirar fotos.

O Saco de Cherne, já citado, possui convidativas águas quentes e calmas e fundo máximo de 20 metros.

O Saco de Anequim é onde se encontra a maior colônia de gorgônias da região, constituindo uma linda floresta submarina, com população diversificada de peixes e belíssimas arraias pintadas.

Para mergulhadores experientes a opção é a Enseada do Oratório, com mar agitado , águas frias, chegando a 50 metros de profundidade. Já na Ilha dos Porcos é possível chegar a 45 metros, onde se encontram rochas e formações onde estão populações de peixes grandes.

Na Ilha dos Franceses, a profundidade é de 45 metros e lá pode-se encontrar rochas espalhadas pela areia e mangagás, que lá chegam a 5 kilos.

A Gruta Azul é outro espetáculo, não só visto quando se passeia de barco, mas principalmente quando se explora sua profundidade nas águas, que chega a 15 metros, onde pode-se conferir o show de luzes que azuladas é fenomenal.

O Buraco da Camarinha também é muito interessante para mergulho, constitui-se em um salão acessível pela superfície, onde encontra-se uma fenda até o fundo, que chega a 30 metros, de onde é possível passar ao mar aberto.

Para os mergulhadores com espírito aventureiro, encontram-se as opções de mergulho para visitar os navios naufragados. O mais conhecido de todos é o Thetis, no Saco dos Ingleses, cujo naufrágio ocorreu em 1830 com uma carga milionária, da qual 80% já foi recuperada, estando o restante ainda em algum lugar do mar. Outro naufrágio muito visitado está na Ilha dos Franceses, na Praia Grande, e é o da Fragata Dona Paula, ocorrido em 1827 ao perseguir outra embarcação, para garantir essa vista histórica é preciso mergulhar a profundidades de 5 a 25 metros. É possível encontrar outros naufrágios menos históricos e mais recentes, como o Teixeirinha, do começo deste século e o Harlingen em 1971.

 

Onde comer

 Para quem quer experimentar comida tradicional, a sugestão é o restaurante Saint Tropez, que oferece peixes e frutos do mar. Se você não curti pescados pode optar pelo Sol na Cozinha que inclui massas em seu cardápio. Para os amantes da cozinha chinesa e japonesa, a pedida é o Hissao.

 

Como chegar

O Rio de Janeiro é um Estado pequeno em extensão territorial, sendo rápido e fácil o acesso aos seus pontos turísticos, diferentemente do que ocorre em outros Estados. Arraial do Cabo fica apenas há 140 km da capital, sendo seu acesso pela Ponte Rio Niterói, pista Niterói-Manilha. A estrada é de fácil trafego, devido a ótima sinalização. Os aeroportos mais próximos ficam no Rio de Janeiro, há 170 quilômetros. O aeroporto de Cabo Frio, há 13 quilômetros recebe apenas voos fretados.

 

 Quando Viajar

 Se você quer fugir das chuvas, o melhor momento para viajar ao sudeste, incluindo Arraial do Cabo, a melhor época é no Outono, depois das férias escolares, sendo agosto o mês mais seco do ano. Outra opção para sair fora das águas é o mês de fevereiro, que não apresenta chuvas como em janeiro.

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: